quinta-feira, 13 de maio de 2010

Jogo Eletrizante e lista sem surpresas

A noite encaminhava-se para uma tragédia: eram 20 minutos do primeiro tempo, o Santos jogava melhor e fazia 2x0. As chances de gol desperdiçadas pelo Grêmio, incluindo um pênalti bisonhamente batido por Jonas, a partir daí não davam maiores esperanças ao torcedor.

Silas armara mal o time e fora vitimado por erros individuais (Victor no primeiro gol, Douglas no segundo). Soube arrumar e o Grêmio foi efetivo no segundo tempo, empilhando 4 gols em sequencia nos meninos da Vila! O gol de Robinho ao final diz que salvou o Santos de uma noite que começou brilhante e terminava desastrosa - vai vivo para o enfrentamento da semana que vem!

É a hora do Grêmio criar o fato do ano no futebol local!

***

A imprensa nacional divide-se quanto à coletiva dada por Dunga e a lista por ele apresentada. Para uns, foi uma brilhante entrevista, para outros uma patuscada sem precedentes. E a lista, para alguns foi coerente com o trabalho até então desenvolvido; para outros, um atentado ao futebol por deixar de fora Ganso, Neymar, Victor e Ronaldinho Gaúcho.

Minha opinião. Vamos por partes.

Quanto à entrevista, houve de fato respostas brilhantes para as perguntas cretinas formuladas. Como aquela, que na verdade não foi uma pergunta, do jornalista que observou que ainda bem que ele não era técnico da Seleção em 1958, porque senão não ia convocar Pelé. Ao que Dunga restrucou algo como "Você conhece algum Pelé aí? Então me traz dois, três, que eu coloco de titular na seleção e ainda dou a braçadeira de capitão!". A outra foi referente à comparação com Menotti que em 1978 não convocou Maradona. Dunga não perdeu tempo: "E quem foi campeão mesmo?".

Por outro lado, falou asneiras do tipo "não sei se a escravidão ou a ditadura foram ruins porque não vivi isso, só quem viveu pode falar". Junto com o recorrente "com nós" e o "noventas minutos", revelou uma burrice inigualável!

Portanto penso que a entrevista de Dunga teve seus altos e baixos. O grande problema é que tem jornalista que pensa que sabe das coisas, que sabe entrevistar!

Quanto à lista, não entendo o porquê de tanta celeuma: Dunga já antecipara que ia ser exatamente isso aí, fruto de quem trabalhou com ele por esses quatro anos. Evidente que é um absurdo deixar Victor de fora, o melhor goleiro do Brasil por duas temporadas seguidas em detrimento de Gomes, que teve quatro convocações apenas, sendo que a última há 4 anos! Nem discuto Doni, de qualidade técnica duvidosa, mas da extrema confiança do treinador. Mas Gomes?

Só que algo me dizia que Victor ficaria de fora. Poderia até dizer que tinha certeza disso.

Já quanto a Neymar e Ganso, o clamor público não se justifica. São fenômenos desse semestre - jogaram o Brasileirão do ano passado pelo Santos, alguém lembra deles? Como convocar justamente pra Copa dois jogadores que jamais haviam sido convocados antes? É mais ou menos a história da carne de pescoço e do filé. Acerto do Dunga nesse ponto.

Outro ponto a ser destacado são as comparações com Falcão, em 1978. Tão semelhantes quanto uma vaca e uma alpargata! Falcão em 1978 era titular do Internacional havia quatro ou cinco anos. Tinha passagens anteriores pela Seleção, tanto as de base quanto a principal. Era bi-campeão brasileiro. Os garotos do Santos são, apenas, revelações DESSE primeiro semestre, sem qualquer título de maior relevo (só tem o Paulistão), sem histórico na Seleção. Não tem como comparar com Falcão. O que dirá comparar com Pelé!

Já quanto a Ronaldinho considero um erro - que será relevado ou não, conforme o desempenho e o resultado obtido na Copa. Ele deveria estar na lista, nem que fosse para compor grupo (assim como penso que Marcos, do Palmeiras, deveria ser convocado, não por alguma qualidade, mas pela sua experiência para o grupo, como terceiro goleiro - mas entra também na questão de coerência).

Adriano não chega a ser um absurdo sua não convocação. E Grafite é apenas o jogador que corresponde ao Imperador.

Foi uma lista sem surpresas, concordemos com ela ou não.

Nenhum comentário:

Pesquisar este blog