sexta-feira, 7 de maio de 2010

Último dia

Hoje é meu último dia - não de vida, espero. Mas o último na casa dos 30, pois amanhã quando acordar já serei um quarentão.

Não sou apegado ao sistema decimal, como é comum nesses casos. Gostamos de números redondos, gostamos do número dez, mas e se a nossa base logarítmica fosse outra? De qualquer sorte, como estou afastado da matemática desde o fim do segundo grau (ensino fundamental para os mais novos, científico para os mais velhos), deixemos que a base dez gerencie nossos dias.

Enfim: será tão indolor quanto foi a passagem para os 10, para os 20 ou para os 30. Cada vez mais significa menos. Mas não me sinto velho, é como a frase do messenger de um amigo meu: "a cada ano melhor".

Sigamos adiante. Há tanta coisa boa pela frente!

Nenhum comentário:

Pesquisar este blog