sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

Feliz Ano-Novo e feliz aniversário

Costumamos acreditar que a vida se faz em ciclos e, por isso, a cada 365 dias (ou 366, nos bissextos), comemora-se a passagem do ano - do velho para o novo. Novas decisões, resoluções, votos de que tudo se realize e etc.

Ano novo sempre teve sinônimo de festa para mim. E nem é por causa da espumante, já que não sou muito dela (prefiro ainda a boa e gelada cerveja): é por causa da festa mesmo, uma carne na grelha, ou no espeto, ou no forno. Diversão. Os feriados das festas de fim-de-ano sempre significaram para mim a possibilidade de férias.

Pelo menos de 1996 para cá, desde que me tornei um profissional "liberado"!

Por isso não faço resoluções de ano-novo. Não oficialmente, porque no recôndito do pensamento acabo fazendo. Mais pelo período de férias e reflexão sobre o que anda acontecendo pelo mundo, mais pelo fato de que os outros se organizam assim e menos, mas muito menos, pelo fato de acreditar em ciclos anuais.

É o calendário que manda, o ano que se vai. Tudo para, ou nem tudo: muita gente trabalha para que outras possam comemorar!

Aos trabalhadores do ano-novo, feliz ano novo!

---

Um "P.S.", mas na verdade com a maior importância de todas: não és o melhor tampouco o pior, mas és sem dúvida único! Pai, por todos teus 70 anos, feliz aniversário!

Nenhum comentário:

Pesquisar este blog