terça-feira, 10 de novembro de 2009

Equívocos?

Está no ar a discussão sobre o erro (na minha opinião, grosseiro) do árbitro Carlos Eugenio Simon no jogo Fluminense x Palmeiras, anulando gol legítimo de Obina quando o jogo ainda estava 0x0 (os cariocas venceram por 1x0).

Em entrevista aos meios de comunicação, Simon reforçou sua decisão com a convicção que viu falta de Obina em cima de Maicon do Fluminense. Lamenta se a tevê o desmente, pois afirma ele, estava no campo e viu a falta!

De fato, a tevê não registra o que Simon marcou. Com o recurso disponível pelo Globo.com, pude assistir praticamente quadro a quadro ao lance: o cruzamento vem para a área na direção de Obina, que está em posição regular. O atacante Maicon, do Fluminense, reforçando a marcação, vai ao encontro do atacante palmeirense, inclusive usando os braços para conter Obina. Já este, tendo a jogada à sua frente, com agilidade cabeceia para dentro do gol! Se houvesse falta, seria no Obina e, portanto, pênalti.

Simon afirma que a jogada já estava parada antes da bola chegar, pois ele já apitara a suposta falta do atacante do clube paulista que afirma ter visto. Só que congelando a imagem a partir do cruzamento, e acompanhando no quadro-a-quadro, nota-se claramente que, no momento do cruzamento, Simon está acompanhando a trajetória da bola. Só olha para Obina e Maicon no momento da cabeçada!

Ouso ainda dizer que houve um segundo de hesitação até que efetivamente fosse marcada a dita falta.

O que não me convence é exatamente o fato de que, afirma ele, teria marcado a falta antes da bola chegar, ao mesmo tempo em que as imagens mostram que nesse momento Simon está olhando para cima, acompanhando a trajetória da bola!

Enfim, o Palmeiras reclama, o Fluminense faz silêncio velado. A banca paga e recebe, amanhã se inverterão os papéis. O fato é que a arbitragem erra demais e estraga o futebol! Há quem ache que o erro faça parte do jogo. Eu, particularmente, penso que não, e por isso que admiro esportes como vôlei e basquete, bem mais, digamos, honestos!

Admiro, mas gosto mesmo é de futebol!

Nenhum comentário:

Pesquisar este blog