quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Saindo de férias

Pois chegam as festas de fim-de-ano e isso significa para mim férias: no sentido de parar tudo, fechar o escritório, ignorar o saite do Tribunal de Justiça e as ligações de clientes. Ir para a praia e dedicar-me ao ócio, curtindo a Helena em tempo integral.

E é isso que faço, a partir deste dia 23, recolhendo-me a pequeno balneário de Arroio do Sal para ficar á toa. Uma pilha de livros para ser lidos, filmes para ser vistos, churrascos, cervejas, famílias, encontrar os amigos (os mesmos de Porto Alegre, só que na praia e no ócio), brincar com a filhota, enfim, curtir.

Levo o notebook tão somente para manter a escrita em dia. Todavia, sem acesso direto à internet, pois não aderi à tecnologia 3G e meu Blackberry navega com muitas restrições.

Mas fuçando esses dias na funcionalidade do meu blog, descobri que é possível postar antecipadamente, programando a publicação da crônica. Algo como programar os pagamentos direto no saite do Banco. Um cheque pré-datado literário, sob certa ótica.

Esta crônica, por exemplo, de anúncio daquilo que virá, foi escrita no dia 15, mas (se o blog não me sacanear) só irá ao ar no primeiro minuto do dia 23, quando possivelmente já estarei na orla. Assim como as crônicas de Natal e Ano-Novo, que escrevi esses dias atrás.

Por isso, o trabalho duplo durante esses dias que antecederam este que tu me lês: não posso desapontar meus cinco ou seis leitores. Decepcionar uma multidão é normal, até mesmo JC não agradou a todos. Mas um público tão seleto merece um carinho especial!

Volto oficialmente dia 6, junto com os reis magos: Baltazar, Belchior e quem mais mesmo?

Um comentário:

** L. ** disse...

Olha só!!! Essa é novidade!! Não sabia que dava para programar os posts, Rodrigo! Será q no meu blog tb consigo? Enfim.... Boas férias!!

Pesquisar este blog